Sangue fresco

Sangre fresco

Um bandido sequestra as crianças bem nutridas das escolas particulares de São Paulo e leva-as para um campo de concentração na Amazônia, onde o sangue delas é retirado e exportado.

A turma do gordo também é sequestrada, apesar de ter se cercado de guarda-costas. O sangue do gordo revela-se preciosíssimo, uma sucuri se apaixona por ele e faz de tudo para comê-lo. Depois de vários lances, o gordo lidera a fuga da turma.

Mas como se orientar no coração da Floresta Amazônica, sem bússola e sem mapa? Como sobreviver? E, além disso, com os bandidos nos calcanhares, mandando expedições para capturá-los, o que fazer?
Em conversa com mateiros experientes, acostumados a andar sozinhos na Floresta Amazônica, sem bússola, sem mapa e sem levar mantimentos, o autor, pacientemente, colheu os elementos de que precisava para escrever a fuga da turma do gordo pela Floresta Amazônica, rigorosamente exata, em todos os detalhes, inclusive nos segredinhos mais saborosos. Neste texto, o autor explica como foi o processo criativo do livro.

Informações sobre o livro

. Ilustrações: Alê Abreu
. Formatos do conteúdo: físico e digital
. Formato: 15,5 cm × 23 cm
. Edição: 25ª; 6ª reimpressão
. Número de páginas: 128
. ISBN: 978-85-260-0307-1

Prêmio Jabuti de Literatura Juvenil 1982 (CBL)
Grande Prêmio de Literatura Juvenil 1982 (APCA)
Altamente Recomendável para o Jovem 1982 (FNLIJ)

0 Shares:
Veja também

Berenice detetive

O autor, João Carlos Marinho, realiza aqui também um antigo sonho: colocar a energia, a vida e a…

O livro da Berenice

Berenice resolve escrever o melhor livro do mundo. E o lugar ideal para fazer isso é o jardim…

Cascata de cuspe

Um grupo de meninos de rua assalta o gordo. Rouba-lhe o dinheiro, o blusão e o par de…