O caneco de prata

O caneco de prata

Praticante de futebol durante a infância e mocidade, fanático torcedor até hoje, João Carlos Marinho realiza aqui o seu sonho de fazer literatura com futebol. O caneco de prata é o primeiro livro da literatura brasileira para crianças a ter como tema o futebol (publicado em 1971) e permanece como um clássico.

A turma do gordo resolve vencer o campeonato mirim que até ali era ganho anualmente pela escola do professor Giovanni, um italiano fanático, casado com a Filomena.

A obsessão pelo futebol é levada aos limites extremos, ultrapassa-os, invade a cidade, invade tudo, todos ficam loucos: juízes, psicanalistas, advogados, o gordo, o dono do hospício, um leopardo, o Esquadrão da Morte, um marciano. Mas rodada por rodada, implacável como o destino, o campeonato avança, afunila-se a tabela, aproxima-se a grande final. Giovanni faz de tudo para fulminar o adversário, ensina a quebrar perna sem o juiz ver, joga bomba bacteriológica na concentração. Filomena implora que, além do futebol, Giovanni preste um pouquinho de atenção nela também. Enfim o professor Giovanni acaba sendo um vilão simpático, o autor se diz encarnado nele. Neste vídeo, o autor explica como foi o processo criativo do livro.

Informações sobre o livro

. Ilustrações: Erika Verzutti
. Formatos do conteúdo: físico
. Formato: 15,5 cm × 23 cm
. Edição: 17ª; 1ª impressão
. Número de páginas: 112
. ISBN: 978-85-260-1299-8

0 Shares:
Veja também

Três homens e uma canoa

João Carlos Marinho fez esta tradução/adaptação destinada ao público infantojuvenil do imortal best-seller de Jerome K. Jerome (Three…

O gênio do crime

Este é o livro que inaugurou a turma do gordo. Seu Tomé é um homem bom, proprietário de…